sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

De volta para casa






Tudo que passei, momentos que me levaram para perto de ti, momentos que me trouxe a distancia de ti, tudo foram escolhas foi apenas um vento que passou e com ele foi embora as folhas secas, deixando tudo espalhado no quintal do meu coração, foi a vida que passou e eu não vi. Lembro-me do teu toque, lembro-me dos teus abraços, lembro-me de todas as quedas que tive quando você me ensinou a andar e sempre você me levantava sorrindo e eu chorava em teus braços, lembro o cheiro do cabelo e das tuas vestes, lembro-me de todas às vezes a noite você me via pegar no sono e dormia em teus braços e com cuidado me colocava na cama, ficava feliz quando você me acompanhava na ida para escola, Lembro... Lembro...



Então, você me viu crescer, fiquei orgulhoso e frio, descobri tantas coisas, percebi que não precisava mais de ti por perto porque eu já estava grande e já sabia colocar minha comida, já sabia o caminho da escola, já sabia andar, e sem ti eu conseguiria viver, eu aprendi viver sem você, não sentia tua falta só queria descobrir mais sobre a vida na verdade eu te esqueci, fiz escolhas que o senhor me dizia que era errado, quebrei muito a cara, mas também sorri muito, foram momentos que tive para escolher minha vida, percebi que nunca me fizeste falta não entendo o porquê foram tantas coisas boas que passei com você e naquele momento não lembrava de você, pensava que o senhor iria me exortar por causa da minha vida que levei, isso doía em mim.

Sei que você chorou quando eu fui embora não tive coração você me viu saindo daquele portão e me viu sumindo pelo horizonte em busca de uma nova vida, eu realmente não sabia o que estava fazendo, fiz tanta besteira, olha só como está minha situação, minha mãos estão sujas e minha vestes imundas, tenho fome e sede não tenho mais lágrimas para chorar, mas hoje estou aqui de volta lembrei-me de ti na pior situação da minha vida sou um tolo porque quando tudo estava bem não se lembrava de você e agora estou aqui, mas me aceita de volta te prometo que vou limpar a casa, e fazer comida para o senhor, prometo que vou limpar o quintal todas as vezes que sujar e prometo estar presente nas festas comemorativas e no almoço de domingo... mas me aceita de volta.

Quero ter aqueles momentos contigo, sentir novamente tuas mãos e teus cuidados, farei de tudo pra ter isso novamente, ainda que eu mude, posso ate aprender a comer direito só para te agradar, mas te quero de volta comigo, me aceita! 

O pai – Filho, venha te aceito farei para você uma festa em homenagem a sua volta, vi seus passos de longe e já mandei todos se arrumarem para a festança e serás recebido com todo amor e carinho, nunca te esqueci, todos os dias chorava por causa da sua ausência, não importa oque você fez aliais eu já esqueci, vamos comemorar e para sempre estarás comigo e eu estarei com você, te amo.

Esta historia é representativa nos faz lembrar os nossos erros e do nosso pai que esta nos céus e que às vezes nos esquecemos dele e deixamos ele de lado, vamos lembrar tudo que ele tem feito por nós ele nunca nos deixou; amigo se você esta afastado volte ele está a sua espera ele vê cada passo seu ele te ama, espero que esta postagem venha abençoar vidas, evangelize pessoas copie o link desta postagem e divulgue nas redes sociais, fiquem todos com Deus.

By: Gabriel Soares.
           


Um comentário:

  1. Que lindo texto Gabriel, ser pródigo não é vergonhoso, mas mostra a nossa dependência do Pai!
    E o cuidado dele sobre nos!
    Parabéns!

    http://supermulhermaravilha.blogspot.com.br/2013/02/lembrancas-e-esperancas.html

    ResponderExcluir