quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Juízes britânicos querem acabar com tradição de jurar sobre a Bíblia no tribunal

Proposta feita por um grupo de magistrado britânicos pode dar um fim a uma antiga tradição de jurar com a mão sobre a bíblia para dizer a verdade a verdade no tribunal. E em vez de jurar sobre a bíblia as testemunha e réus teriam que fazer uma promessa de não mentir no tribunal sem falar de "Deus".


O plano será debatido na Assembleia Geral da Associação dos Magistrados, que representa 23 mil juízes leigos, em Cardiff, em 19 de outubro.

Em relação a esta postura "Anti-Religião" posso ate concordar com algumas coisas como por exemplo esta decisão de tirar a bíblia dos tribunais, alias ninguém leva a sério por a mão sobre a Bíblia para então dizer a verdade já que nem todos acreditam no poder da Bíblia e também acho que não tem nada haver a Bíblia e o modo como eles estão usando.

Outro ponto que faz eu concordar com esta postura é pensar quem são aqueles réus? o que eles fizeram? se o réu matou alguém ou bate na esposa freqüentemente e está sendo acusado por motivos que agrida a sociedade como uma pessoa com este comportamento vai então dizer a verdade só por causa da sua mão posta encima da Bíblia? gente isso é uma bobagem, e acho  com certeza que deve sim tirar a Bíblia dos tribunais, embora que isso já é uma tradição, e como uma tradição é bom sim pensar no que fazer para então ser mudado o hábito.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário